Semana Guga Kuerten. 11 a 21 de Outubro de 2018

Jurerê Internacional - Florianópolis/SC contato@semanagugakuerten.com.br

Gustavo Kuerten incentiva empreendedores

Gustavo Kuerten participou, na noite de 13 agosto, do Day1, promovido pela Endeavor. O evento que reuniu 800 pessoas presencialmente no Ibirapuera, em São Paulo, e mais de 30 mil online, discutiu o ponto de virada de empresários que se tornaram cases de sucesso no mundo corporativo. A primeira palestra foi aberta por um empresário que também é tenista, Jorge Paulo Lemann, que na sequência passou a palavra para o tricampeão de Roland Garros.

Guga explicou que antes de seguir para o evento teve curiosidade em procurar o significado literal de empreendedor.

Me encontrei na descrição: realizador de uma tarefa muito difícil,

afirmou para uma plateia formada por 50% de tenistas, segundo levantamento do próprio Guga durante o evento. Líder do ranking mundial ano 2000, Guga detalhou momentos marcantes de sua carreira de sucesso no tênis, e reiterou que as dificuldades contribuíram para que um tenista brasileiro, número 70 no ranking, vencesse um dos principais Grand Slam do mundo, em 1997.

Ao explicar a conquista inédita em Roland Garros, Guga revelou que ficou analisando estratégias para vencer um adversário que parecia imbatível.

Eu e o Larri ficamos umas 30 horas pensando em como ganhar do Kafelnikov. A partida com o Kafelnikov foi o meu grande momento de virada, explicou.

Citando o pai como um visionário, Guga se emocionou ao relembrar o momento em que S. Aldo pediu a Larri para que ele treinasse seu filho do meio. O apoio da família também foi enfatizado pelo tricampeão que contou que a mãe, Alice, foi fundamental na criação da família.

De um jeito carinhoso, a mãe foi dando segurança para a gente fazer tudo o que a gente quisesse, afirmou.

O tricampeão também recordou o momento em que perdeu o patrocínio quando ocupava o terceiro lugar no ranking mundial. “Foi um período muito difícil, eu comecei a me questionar. Pensava: será que eu sou bom mesmo? E foi o exemplo do meu irmão, o Gui que levou oito anos para engatinhar e o mesmo tempo para segurar uma colher que me deu segurança para saber que eu poderia chegar lá”, concluiu. Guga terminou a palestra afirmando que na vida dele aconteceram inúmeros momentos de virada.

Acredito que a nossa capacidade está muito distante do que a gente pode enxergar.

AGENDA DE FINAL DE SEMANA

Amanhã, dia 15, Guga estará no Rio de Janeiro para participar do mutirão formado por 450 pessoas para pintar 300 casas da comunidade do Morro Santa Marta, numa ação em parceria com a Coral. O tricampeão vai vestir a camiseta como voluntário número 1 da ação que também comemora os 15 anos da capital carioca.

No domingo, dia 16, Guga será o anfitrião do Prêmio IGK – A Grande Jogada Social que será realizado em Florianópolis, para dar visibilidade a pessoas e instituições que trabalham com educação de crianças, adolescentes e pessoas com deficiência. A Família Kuerten deve recepcionar os 900 convidados do evento que será encerrado com um show da cantora Ivete Sangalo em comemoração ao aniversário de 15 anos de fundação do IGK, no dia 17.