Semana Guga Kuerten. 05 a 15 de Outubro de 2017

Jurerê Internacional - Florianópolis/SC contato@semanagugakuerten.com.br

Notícias

COMEÇA A COPA GUGA KUERTEN INFANTO-JUVENIL

Nesta segunda-feira (12), a 7ª edição da Semana Guga Kuerten abre caminho para a maior competição do evento: a Copa Guga Kuerten Infanto-Juvenil, em quatro categorias: 11 e 12 anos, 14, 16 e 18 anos. Ao todo são cerca de 650 atletas entre masculino e feminino. A cerimônia de abertura, marcada para as 10h, contará com a participação de Guga Kuerten, tricampeão mundial em Roland Garros e que, em 2015, está comemorando os 15 anos da chegada ao topo do ranking mundial de tênis.

Todas as categorias da Copa Guga Kuerten Infanto-Juvenil valem pontos no ranking. A categoria 11 e 12 anos conta pontos no ranking da CBT; na categoria 14 anos, os atletas pontuam no circuito COSAT, e o campeão será premiado com uma viagem para Londres, com acompanhante, para disputar uma etapa do Le Mondial Lacoste; e nos 18 anos, a pontuação é válida para o circuito júnior ITF.

O Qualifying da Copa Guga Kuerten infanto-juvenil começou sábado e terminou neste domingo (11), definindo todos os integrantes da chave principal nas categorias 14, 16 e 18 anos, no masculino; e nos 14 anos, no feminino. Na categoria 11 e 12 anos, os atletas entram direto na chave principal. A 7ª edição da Semana Guga Kuerten começou no último dia 8 e conta com a inscrição de 1.400 atletas representando 24 países.

 

Ler Mais+

TRÊS CATARINENSES SÃO CAMPEÕES NA SENIORS

Destinada aos tenistas de 35 a 80 anos, a categoria Seniors, estreante na programação da 7ª Semana Guga Kuerten, encerrou neste domingo (11) com a festa dos campeões, entre eles, três catarinenses. Os 29 competidores foram divididos em quatro categorias no masculino (acima de 40, de 45, de 60 e de 65 anos) e em duas categorias no feminino (acima de 35 e de 50 anos). Em todos os grupos e nas diferentes faixas etárias, todos jogaram contra todos. Nas categorias com duas chaves, os campeões de cada grupo fizeram a decisão.

No masculino, categoria 65 anos ou mais, o catarinense Pedro Filho foi campeão ao vencer o paranaense Darci Gulin, por 2 x 0, parciais de 6-4 e 7-6 (8); na 60 anos, o catarinense Sérgio Marinoski ganhou o título ao derrotar o carioca Wong Kwan, por 2 x 1, de virada, parciais de 3-6, 6-2 e 7-6 (5); nos 45 anos, o título também ficou com um catarinense, Célio Filho (na foto com Rafael Kuerten). Não houve decisão nesse grupo; e na categoria acima de 40 anos, o carioca Clayvert Gusmão ficou com o título, tendo Rafael Kuerten (irmão de Guga Kuerten, na foto com Célio Filho) como vice-campeão.

E no feminino, a gaúcha Clarissa Viana levou o troféu de 1º lugar na categoria acima de 35 anos; e Lilia Britto, do Distrito Federal, confirmou o título entre as atletas acima de 50 anos, com a vitória de 2 x 1 sobre a catarinense Renate Schaefer, parciais de 6-1, 3-6 e 6-0. Nas duas categorias do feminino não houve uma decisão pois a disputa foi em grupo único.

Ler Mais+

CHILENO VENCE BRASILEIRO NA FINAL DA CATEGORIA JÚNIOR MISTO

A decisão da categoria júnior misto do torneiro de Tênis em Cadeira de Rodas da 7ª Semana Guga Kuerten, realizada neste domingo (11), consagrou o chileno Alexander Cataldo (25º no ranking) (foto) como campeão. Ele venceu o brasileiro Fábio Bernardes (5º no ranking), que era o favorito para ganhar a competição, por 2 sets a 0, com um duplo 6-3.

O chileno venceu o conterrâneo Brayan Tapia na estreia, depois ganhou de três brasileiros para erguer o troféu: derrotou J. Torquato nas quartas; P. Furtado Fernandes, nas semifinais; e Fábio Bernardes na decisão. O vice-campeão folgou na primeira rodada, ganhou do também brasileiro João Henrique Dias, nas quartas; e, na semifinal, derrotou a argentina Antonella Pralong.

 

Ler Mais+

DEFINIDOS OS CAMPEÕES DA COPA GUGA KUERTEN DE BEACH TENNIS

Foram definidos neste domingo (11), os campeões e vices nas nove categorias (entre masculino, feminino e misto) da Copa de Beach Tennis na 7ª Semana Guga Kuerten. Ao todo, 106 atletas participaram e toda a disputa foi em duplas.  A modalidade de beach tennis foi incorporada à Semana Guga Kuerten em 2014, e já começou com mais de 100 inscritos. Essa competição começou no sábado e terminou neste domingo. Ao final dos jogos foi realizada a premiação com entrega de troféus aos campeões e vices em cada categoria.

Durante os dois dias de jogos também foi ministrado um curso de capacitação aos professores de beach tennis pelo carioca Guilherme Prata, capitão e jogador da seleção brasileira da modalidade, em 2012 e 2013; e capitão e técnico da nossa seleção, em 2014 e neste ano. O curso, em nome da Confederação Brasileira de Tênis, teve duração de 15 horas e foi direcionado a 17 técnicos. No Brasil há cerca de 200 técnicos e 10 mil jogadores de beach tennis.

CONFIRA TODAS AS CATEGORIAS

Mista C

Campeões – Bruno Melo e Maria Alves

Vices – Carlos Fernandes e Juliane Schveiter

Feminino C

Campeãs – Deise Vargas e Maria Hoppe

Vices – Maria Alves e Karla Amorim

Masculino C

Campeões – Sidney Nieto e Vinícius Lemos

Vices – George Guimarães e Luís Eugênio

Mista B

Campeões – Marcelo Lima e Mariana Derham

Vices – Roberto Sé e Érica Garbo

Feminino B

Campeãs – Zandra Cavalcanti e Nereide Franco

Vices – Mariana Derham e Luciana Schmit

Masculino B

Campeões – Adriano Francisco e Marcelo Lima

Vices – Gabriel Schmit e Eduardo Cardoso

Mista A

Campeões – Cléverson Borges e Norma Dutra

Vices – José Augusto Guedes e Isabele Oliveira

Feminino A

Campeãs – Chanalise Bergamin e Fernanda Firmo

Vices – Jaqueline Brener e Sandra Gondim

Masculino A

Campeões – Frederico Emmel e Guilherme Catani

Vices – Artur Selon e Luânderson Souza


Ler Mais+

AUSTRALIANO GANHA A CHAVE PRINCIPAL DE TÊNIS EM CADEIRA DE RODAS

A final da chave principal do Torneio Profissional de Tênis em Cadeiras de Rodas da 7ª Semana Guga Kuerten foi realizada entre os dois atletas com melhor ranking entre os que estavam competindo. E o campeão da edição 2014, o brasileiro Daniel Rodrigues (17º do ranking), não resistiu ao australiano Adam Kellerman (11º) (foto), que ganhou o título inédito ao vencer por 2 x 0, parciais de 7-6 e 6-3.

O jogo começou bem equilibrado com os atletas confirmando o serviço até o quarto game, e o set empatado em 2-2. Como o australiano passou a errar saques com frequência, Daniel chegou a abrir para 4-2. Depois, caiu de produção e Kellerman virou para 5-4. O equilíbrio seguiu até 6-6, mas, no tie break, o australiano fechou o set em 7-6. No segundo set, Kellerman abriu logo 3-1, seguiu em vantagem e fechou o jogo em 6-3 ao quebrar o serviço de Daniel no nono game.

Foi a primeira vez que Kellerman disputou um torneio no Brasil. “Ganhar aqui foi muito importante porque a Paralimpíada será no Brasil em 2016. Eu já disputei a Paralimpíada de 2012, em Londres, e espero voltar ao Brasil no próximo ano”, projetou, ao lembrar que, pelo posicionamento no ranking, ele não deverá ter muitas dificuldades para conseguir uma vaga. O torneio contou com a participação de atletas do Brasil, Austrália, Chile, Argentina e Colômbia, além das estreantes Espanha e Grã-Bretanha.

Ler Mais+

DE VIRADA, BRASILEIRA CHEGA AO TRI NO TORNEIO FEMININO EM CADEIRA DE RODAS

A brasileira Natália Mayara (19º no ranking) não se intimidou com o fato de Louise Hunt (14º), da Grã-Bretanha, sua adversária na final feminina do Torneio de Tênis em Cadeira de Rodas na 7ª Semana Guga Kuerten, estar melhor ranqueada. A estreante na competição começou melhor, venceu o primeiro set, mas não resistiu ao grande momento de Natália (foto), que disputou a Semana Guga Kuerten pela terceira vez e conquistou o seu terceiro título. Depois de perder o primeiro set por 6-3, Natália ganhou o segundo por 6-2 e virou a partida ao vencer o terceiro por 6-4 e fechar em 2 sets a 1, após uma hora e 34 minutos de jogo.

Louise largou com todo o gás, fez 3-0 rapidinho. Natália até reagiu, chegou a encostar, ao fazer 4 x 3, mas a estreante fechou o primeiro set sem grande dificuldade. Natália começou o segundo set arrasadora, fez 4-0, chegou a ter o serviço quebrado quando Louise ameaçava encostar: 4-2. Depois foi a vez da brasileira confirmar o ponto em seu saque e, na sequência quebrar o serviço e fechar o set em 6-2 para empatar o jogo.

O terceiro set foi anormal. Nos seis primeiros games houve quebra de serviço e o set estava empatado em 3-3. Mas aí Natália, mais controlada na quadra, confirmou o serviço, quebrou o saque de Louise e chegou a 5-3. A visitante ainda descontou ao quebrar o serviço de Natália: 5 -4. Novamente a brasileira quebrou o serviço de Louise e festejou com a torcida a vitória no terceiro set, por 6-4, e no jogo, por 2 x 1.

“Eu comecei muito nervosa, mas, no segundo set, decidi soltar o braço e focar mais no jogo. Foi a mais difícil das decisões em todas as edições da Semana Guga Kuerten. Mas, felizmente, consegui dar sequência a um ano maravilhoso, já que ganhei a medalha de ouro no Parapan de Toronto”, comemorou. Natália já tinha disputado o torneio duas vezes: foi campeã em 2012 e em 2014. Ela não participou da competição em 2013.

Única atleta entre os competidores da Semana Guga Kuerten que já tem vaga garantida na Paralimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, Natália luta para terminar o ano entre as 15 melhores do mundo. Com a vitória deste domingo, é possível que ela melhores sua posição no ranking e podendo  até passar Louise. No único confronto entre elas antes da final deste domingo, Natália saiu vencedora, em um torneio nos Estados Unidos, em 2014.

Ler Mais+

CATARINENSE DE TIJUCAS NA SEMANA GUGA KUERTEN

A categoria Quad, que integra o Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas da Semana Guga Kuerten pelo segundo ano consecutivo, repetiu, neste domingo (11), a final de 2014. E o vencedor também foi o mesmo. Ymanitu Silva (13º no ranking) (fot0), atleta de Tijucas, conquistou o bicampeonato ao derrotar novamente o chileno Pablo Araya (22º). O jogo terminou com o placar de 2 sets a 0, parciais de 6-1 e 6-3.

Depois de vencer, fácil, o primeiro set, o jogo começou equilibrado no segundo e chegou a ficar 2-2, mas o catarinense recuperou a confiança, fez 4-2, o chileno ainda descontou, mas Ymanitu fechou o set em 6-3, garantindo mais um título, com 58 minutos de jogo. “Essa conquista mostra que estou no caminho rumo à minha primeira Paralimpíada”, comemorou Ymanitu.

Após folgar na primeira rodada, Ymanitu estreou nas quartas com vitória sobre o também brasileiro Rodrigo Oliveira, por 2 x 0, parciais de 6-1 e 6-2; na semifinal ganhou do equatoriano Edison Molina (46º), também por 2 x 0, com duplo 6-0, antes da grande final. “Ao fechar o primeiro set, senti que o título seria novamente meu”, confessou o catarinense, que tem 32 anos e pratica tênis em cadeira de rodas há seis. “Foi um passo grande para conseguir uma vaga na Paralimpíada, já que eu estava em 13º e devo subir no ranking com mais esse título. Como se classificam 16, estou muito otimista”, afirmou, ao agradecer o apoio de seus patrocinadores, como a Estácio..

A categoria Quad conta pontos para o ranking que definirá a equipe que representará o Brasil na Paralimpíada 2016. O anúncio dos classificados será no dia 22 de maio do próximo ano. Essa categoria reúne atletas com comprometimento nos membros superiores, o que normalmente exige adaptação na raquete para permitir o movimento. Neste ano, participaram nove atletas, representando Brasil, Chile e Equador. Na primeira edição foram seis jogadores.

 

 

Ler Mais+

GUGA SE TORNA EMBAIXADOR DA CPB, APÓS PREMIAR CADEIRANTES NA SGK

Gustavo Kuerten é o novo embaixador do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). O tricampeão de Roland Garros recebeu o convite durante a solenidade de premiação do Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas, encerrado na tarde deste domingo, em Florianópolis. Logo após a entrega de troféus aos campeões da competição que é maior da América Latina, Andrew Parsons (foto com Guga), presidente do CPB, justificou a escolha de Guga como embaixador da instituição.

“Guga faz parte de um Brasil que vence. Você foi um desbravador que superou as adversidades como os nossos paratletas”, declarou Parsons na quadra principal do JUSC, onde foi realizada a cerimônia de premiação da disputa que abriu a Semana Guga Kuerten, no dia 8. Surpreendido com o convite, Guga aceitou imediatamente. “Aceitei de coração aberto e muita empolgação para aprender com os paratletas”, afirmou.

Ele também aproveitou a oportunidade para agradecer os inscritos no torneio. “Vocês são um exemplo precioso para nós. Esse evento não vai existir se não houver a disputa em cadeira de rodas. Agora como embaixador paraolímpico então, minha responsabilidade aumenta”, declarou Guga.

Pelo quarto ano consecutivo a Semana Guga Kuerten promoveu o Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas, competição que distribuiu R$ 65 mil em premiação e somou pontos no ranking da ITF.

Ler Mais+

DOMINGO SERÁ MARCADO POR DECISÕES NA SEMANA GUGA KUERTEN

O primeiro domingo da 7ª edição da Semana Guga Kuerten será marcado por decisões em três categorias, nas quadras do Jurerê Sports Center (Jusc): no Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas, na categoria Seniors e no Beach Tennis. A disputa em cadeira de rodas, categoria que está na quarta edição e é o maior torneio da modalidade na América Latina, distribui R$ 65 mil em premiação e soma pontos no ranking da ITF.
Na estreante Seniors, as competições começaram na última quinta-feira (8), enquanto o Beach Tennis iniciou neste sábado (10) e tem apenas dois dias de competições. A solenidade de premiação contará com a presença do tricampeão mundial em Roland Garros, Guga Kuerten, que está comemorando, em 2015, os 15 anos da chegada ao topo do ranking mundial.

Ler Mais+

BRASIL E CHILE NA FINAL DA CATEGORIA JÚNIOR EM CADEIRA DE RODAS

A fase semifinal da categoria júnior misto, do torneiro de Tênis em Cadeira de Rodas da 7ª Semana Guga Kuerten, foi realizada neste sábado (10). O brasileiro Fábio Bernardes (5º no ranking) vai fazer a final deste domingo contra o chileno Alexander Cataldo (25º), a grande sensação do torneio.

Para chegar à decisão, Fabinho (foto) folgou na primeira rodada, eliminou o também brasileiro João Henrique Dias, nas quartas; e, na semifinal, derrotou a argentina Antonella Pralong, neste sábado, por 2 x 0, com parciais de 6-4 e 6-2.

Já Alexander Cataldo estreou vencendo seu conterrâneo, Brayan Tapia, depois derrotou o brasileiro J. Torquato nas quartas e, na semifinal, neste sábado, derrotou outro brasileiro, P. Furtado Fernandes, por 2 x 0, com parciais de 6-2 e 6-1.

Ler Mais+