Semana Guga Kuerten. 11 a 21 de Outubro de 2018

Jurerê Internacional - Florianópolis/SC contato@semanagugakuerten.com.br

Notícias

FAVORITO NA CATEGORIA 12 ANOS LARGA COM VITÓRIA EM BUSCA DO QUARTO TÍTULO NA COPA GUGA KUERTEN

Foi disputada nesta terça-feira (13) apenas a segunda rodada, mas a categoria 12 anos já tem um grande favorito para ganhar o título masculino na Copa Guga Kuerten Infanto-juvenil. É o catarinense, natural de Joinville, Pedro Boscardin Dias (foto), número 1 do ranking nacional e que já ganhou o título da Semana Guga Kuerten três vezes: aos 8, aos 9 e aos 10 anos. Em 2014, mesmo com 11 anos, disputou a categoria 12 e terminou em 2º, perdendo o título para o baiano Natan Rodrigues, que nesta edição disputa a categoria 14 anos. Em sua estreia na 7ª edição da Copa Guga Kuerten, nesta terça-feira, Pedro Dias derrotou outro catarinense, e xará, Pedro Henrique Pereira de Moura, por 2 x 0, com um duplo 6-0.

Pedro Dias, apesar da pouca idade, já é um multicampeão. Ele começou a jogar tênis aos cinco anos, ganhou o título do Banana Bowl por três vezes (duas em Itajaí e uma na capital paulista); foi quatro vezes campeão da Copa Gerdau; e é o atual bicampeão sul-americano, títulos conquistas em 2014, na Bolívia; e neste ano, na Venezuela, sempre em simples. Em duplas, foi campeão duas vezes da Copa Gerdau e também ganhou duas vezes o Banana Bowl, sempre ao lado do mineiro João Victor Couto Loureiro, 2º no ranking. “O tênis representa diversão, competição e também a esperança de realizar um sonho”, declarou Pedro Dias, logo após ganhar seu jogo de estreia.

No Mundial deste ano, no Canadá, Pedro foi vice-campeão em duplas, ao perder a final para os Estados Unidos. Empolgado com os resultados, Pedro Dias sabe o que quer ser no futuro: “Quero evoluir muito no tênis, ganhar torneios importantes, repetir a façanha do Guga e ser o número 1 do mundo. Sei que é difícil, mas vou me dedicar para chegar lá”, anunciou. Em 2015, Guga Kuerten está comemorando os 15 anos da chegada ao topo do ranking mundial de tênis. Pedro Dias treina, em média, três horas por dia, de segunda a sexta-feira: duas horas com bola, além de fazer uma hora de preparação física.

Desde que começou a jogar tênis, Pedro Boscardin Dias vem sendo treinado por Ricardo Schlachter (Rico), que está entusiasmado com os resultados do garoto. “Já dá para perceber que ele tem um grande potencial, que é diferenciado pela idade dele. Os próximos três, quatro anos serão muito importantes na formação dele como atleta, tanto na parte técnica e tática, quanto no aspecto físico. Até os 15 ou 16 anos teremos uma noção se o sonho dele poderá se tornar realidade”, projetou Rico.

Na Copa Guga Kuerten, a categoria 12 anos soma pontos no ranking da CBT (Confederação Brasileira de Tênis). Nesta terça-feira, foram disputados os jogos da segunda rodada, tanto no masculino quanto no feminino, nas quadras do Clube Doze de Agosto. A competição nesta categoria prossegue até o próximo domingo (18). No masculino, os aletas foram divididos em quatro chaves. O primeiro de cada chave garante vaga para a fase semifinal. E no feminino, as atletas foram divididas em duas chaves, com jogos eliminatórios. As campeãs de cada chave fazem a final para decidir o título.

Ler Mais+

ESCOLINHA GUGA APRESENTA SUA METODOLOGIA NA SGK

Nessa segunda-feira (12), os interessados na franquia Escolinha Guga tiveram acesso às principais informações apresentadas pelo coordenador técnico, Bruno Raupp. Os familiares ainda puderam conhecer a metodologia exclusiva da escola de tênis do maior tenista Sul-Americano.

Ler Mais+

Começa Copa Guga Kuerten Infanto-Juvenil

Para comemorar o Dia das Crianças começou a Copa Guga Kuerten Infanto-Juvenil. O evento integra a 7a Semana Guga Kuerten e é um dos principais torneios da América Latina. Crianças e adolescentes de vários estados e até de do exterior vieram prestigiar o evento.

Ler Mais+

CATEGORIA 11 ANOS COMEÇA DISPUTA PELO TÍTULO NESTA TERÇA-FEIRA

A principal novidade nesta terça-feira (13), sexto dia de disputas na 7ª Semana Guga Kuerten, é o início da briga pelo título na categoria 11 anos, tanto no masculino quanto no feminino, competição que vale pontos para o ranking da CBT (Confederação Brasileira de Tênis).

Sem a necessidade de passar pelo Qualifying, os jovens atletas iniciam uma caminhada em busca do título da Copa Guga Kuerten infanto-juvenil. Os jogos serão realizados nas quadras do Clube Doze de Agosto e prosseguem até o próximo domingo (18).

Na categoria 11 anos do masculino, os atletas foram divididos em duas chaves, com jogos eliminatórios. Os campeões de cada chave farão a final do torneio. Os principais cabeças de chave folgam na primeira rodada. Os competidores são de nove Estados, além do Distrito Federal: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiânia, Pernambuco, Pará e Mato Grosso do Sul.

E no feminino, há dois grupos de quatro atletas. Os jogos são dentro dos grupos, todos contra todos. As campeãs e vices de cada grupo se classificam para a fase semifinal. Nessa categoria, as atletas são de três Estados: Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais.

 

Ler Mais+

DERROTAS BRASILEIRAS NA ABERTURA DA CATEGORIA 18 ANOS

Começou nesta segunda-feira (12) a disputa dos jogos da chave principal na categoria 18 anos, no feminino, da Copa Guga Kuerten Infanto-juvenil. Foram três derrotas brasileiras em três partidas. No jogo de abertura, a portuguesa Rebeca Silva venceu a brasileira Raíssa Wagner, por 2 x 0, parciais de 6-2 e 6-0. Rebeca será a adversária da cabeça de chave número 1 desse torneio, a brasileira Thaísa Pedretti, 84º no ranking, na segunda rodada da competição.

A argentina A. Rimoldi Godoy (foto) venceu a brasileira Karina Romuldo por 2 x 0, parciais de 6-0 e 6-2, e vai enfrentar a cabeça de chave número 3, a egípcia Nermeen Shawky (369º), na segunda rodada. A terceira brasileira a jogar na primeira rodada foi M. Costa Cabral, que perdeu para a egípcia Yusra Hegy, também por 2 x 0, parciais de 6-1 e 6-0. Hegy jogará a segunda rodada contra a cabeça de chave número 8, a brasileira Vitória Okuyama (737º). As principais cabeças de chave folgaram na primeira rodada.

Disputam a categoria 18 anos, no feminino, atletas do Brasil, Portugal, Argentina, Estados Unidos, Bolívia, Rússia, Egito, Grã-Bretanha e Suíça. Nessa categoria, todas as atletas estão em uma chave e disputam jogos eliminatórios até definir quem decidirá o título. O torneio da Semana Guga Kuerten na categoria 18 anos vale pontos para o circuito júnior ITF.

 

Ler Mais+

CATEGORIA 12 ANOS ABRE DISPUTA DA COPA GUGA KUERTEN INFANTO-JUVENIL

Sem a necessidade do Qualifying, a categorias 12 anos, tanto no masculino quanto no feminino, abriu nesta segunda-feira (12) as disputas pelo título da Copa Guga Kuerten infanto-juvenil. É uma categoria que soma pontos no ranking da CBT (Confederação Brasileira de Tênis). Os jogos estão ocorrendo nas quadras do Clube Doze de Agosto e prosseguem até o próximo domingo (18).

No feminino, as atletas foram divididas em duas chaves, com jogos eliminatórios, mas as principais cabeças-de-chave não disputaram a primeira rodada. As campeãs de cada chave fazem a final para decidir o título. Ao todo, há atleta s de nove Estados, além do Distrito Federal: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Paraná.

No masculino, os aletas da categoria 12 anos foram divididos em quatro chaves, igualmente com jogos eliminatórios. Também entre os garotos, os principais cabeças-de-chave não precisaram disputar a rodada inicial. O primeiro de cada chave garante uma vaga para a fase semifinal. Eles representam 14 Estados: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiânia, Bahia, Pernambuco, Pará, Amazonas, Espírito Santo, Rio Grande do Norte e Roraima, além do Distrito Federal.

 

 

Ler Mais+

QUALIFYING MOVIMENTA A SEMANA GUGA KUERTEN INFANTOL-JUVENIL

Por causa das chuvas dos últimos dias, a 7ª edição da Semana Guga Kuerten ainda concentra as disputas do Qualifying na manhã desta segunda-feira (12) para definir a composição das chaves e os cruzamentos. O Quali deveria ter acabado neste domingo (11). Ainda buscam vaga atletas das categorias 14, 16 e 18 anos, no masculino; e nos 14 anos do feminino. Na categoria 11 e 12 anos, tanto no masculino quanto no feminino, não há disputa de Qualifying, e nem nas categorias 16 e 18 anos do feminino. Nessas categorias, a competição começa já com as partidas da chave principal. Ao todo são cerca de 650 atletas entre masculino e feminino.

 

 

 

Ler Mais+

COMEÇA A COPA GUGA KUERTEN INFANTO-JUVENIL

Nesta segunda-feira (12), a 7ª edição da Semana Guga Kuerten abre caminho para a maior competição do evento: a Copa Guga Kuerten Infanto-Juvenil, em quatro categorias: 11 e 12 anos, 14, 16 e 18 anos. Ao todo são cerca de 650 atletas entre masculino e feminino. A cerimônia de abertura, marcada para as 10h, contará com a participação de Guga Kuerten, tricampeão mundial em Roland Garros e que, em 2015, está comemorando os 15 anos da chegada ao topo do ranking mundial de tênis.

Todas as categorias da Copa Guga Kuerten Infanto-Juvenil valem pontos no ranking. A categoria 11 e 12 anos conta pontos no ranking da CBT; na categoria 14 anos, os atletas pontuam no circuito COSAT, e o campeão será premiado com uma viagem para Londres, com acompanhante, para disputar uma etapa do Le Mondial Lacoste; e nos 18 anos, a pontuação é válida para o circuito júnior ITF.

O Qualifying da Copa Guga Kuerten infanto-juvenil começou sábado e terminou neste domingo (11), definindo todos os integrantes da chave principal nas categorias 14, 16 e 18 anos, no masculino; e nos 14 anos, no feminino. Na categoria 11 e 12 anos, os atletas entram direto na chave principal. A 7ª edição da Semana Guga Kuerten começou no último dia 8 e conta com a inscrição de 1.400 atletas representando 24 países.

 

Ler Mais+

TRÊS CATARINENSES SÃO CAMPEÕES NA SENIORS

Destinada aos tenistas de 35 a 80 anos, a categoria Seniors, estreante na programação da 7ª Semana Guga Kuerten, encerrou neste domingo (11) com a festa dos campeões, entre eles, três catarinenses. Os 29 competidores foram divididos em quatro categorias no masculino (acima de 40, de 45, de 60 e de 65 anos) e em duas categorias no feminino (acima de 35 e de 50 anos). Em todos os grupos e nas diferentes faixas etárias, todos jogaram contra todos. Nas categorias com duas chaves, os campeões de cada grupo fizeram a decisão.

No masculino, categoria 65 anos ou mais, o catarinense Pedro Filho foi campeão ao vencer o paranaense Darci Gulin, por 2 x 0, parciais de 6-4 e 7-6 (8); na 60 anos, o catarinense Sérgio Marinoski ganhou o título ao derrotar o carioca Wong Kwan, por 2 x 1, de virada, parciais de 3-6, 6-2 e 7-6 (5); nos 45 anos, o título também ficou com um catarinense, Célio Filho (na foto com Rafael Kuerten). Não houve decisão nesse grupo; e na categoria acima de 40 anos, o carioca Clayvert Gusmão ficou com o título, tendo Rafael Kuerten (irmão de Guga Kuerten, na foto com Célio Filho) como vice-campeão.

E no feminino, a gaúcha Clarissa Viana levou o troféu de 1º lugar na categoria acima de 35 anos; e Lilia Britto, do Distrito Federal, confirmou o título entre as atletas acima de 50 anos, com a vitória de 2 x 1 sobre a catarinense Renate Schaefer, parciais de 6-1, 3-6 e 6-0. Nas duas categorias do feminino não houve uma decisão pois a disputa foi em grupo único.

Ler Mais+